Saúde prevê gastar R$ 250 milhões para pôr ‘kit-covid’ em farmácias populares

kit-covid
Foto: São José dos Quatro Marcos/Luiz Carlos Bordin

Hidroxicloroquina e azitromicina fazem parte do ‘kit covid’ mesmo sem eficácia comprovada, pois tornaram aposta do governo Jair Bolsonaro contra a doença

Mesmo com mais de 2,5 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina encalhados nos estoques, o Ministério da Saúde planeja gastar até R$ 250 milhões para oferecer o medicamento, além do antibiótico azitromicina, no programa Farmácia Popular.

O plano prevê reembolsar farmácias conveniadas para que distribuam de graça os produtos que compõem o chamado “kit covid”.

Fonte: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *