Preço de medicamentos sobem 11,36% na pandemia

medicamentos-coronavírus
Foto: Shutterstock

Os preços dos medicamentos no Brasil subiram 11,36% desde o início da pandemia do coronavírus entre fevereiro e outubro deste ano, informa o Índice de Preços de Medicamentos para Hospitais (IPM-H), indicador criado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com a Bionexo – health tech em soluções digitais para gestão em saúde.

O índice superou a variação do IPCA/IBGE (alta acumulada de 1,68%) e foi superada pela variação do IGP-M/FGV (alta acumulada de 17,58%) e da taxa de câmbio (alta acumulada de 29,60%).

Entre os 13 grupos terapêuticos em que os medicamentos são agrupados, houve em outubro uma queda em oito deles:

1. Anti-infecciosos gerais para uso sistêmico (-3,31%)

2. Preparados hormonais sistêmicos (-3,46%)

3. Sistema nervoso (-3,08%)

4. Aparelho respiratório (-1,26%)

5. Sistema musculesquelético (-0,49%)

6. Aparelho geniturinário e hormônios sexuais (-0,41%)

7.Imunoterápicos, vacinas a antialérgicos (-0,07%)

8. Órgãos sensitivos (-0,02%).

Fonte: Monitor digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *